segunda-feira, 12 de agosto de 2013

A volta do passeio da Maria Fumaça em Apiúna/SC.



  1. Após 2 anos, a máquina 232, voltou a rodar no pequeno trecho Ferroviário de Subida - EFSC. 
    Foi inevitável não ter lágrimas nos olhos, ao estarmos em uma das 5 viagens feitas pelo trem.
    O "choro" da pequena máquina, o trabalho dos amigos que lá encontramos - da ABPF, Tremtur, o rosto das pessoas, o cheiro e som da locomotiva à vapor em movimento, a paisagem, a história...
    A História, tão importante para muito que ainda a trazem viva em suas mais caras lembranças e fez parte da história dos filhos de pelo menos duas gerações. 
    E o patrimônio de Blumenau?
    Já fizemos duas tentativas, juntos a alguns representantes da administração. "Assediamos" com livros embaixo do braço. tentativas sem ecos. Durante o dia de hoje, perguntaram-me sobre as ações práticas sobre o patrimônio ferroviário de Blumenau. O que dizer? Por que não, recuperar a Macuca, a ponte de pedras, e outros elementos do patrimônio ferroviário da cidade? O que falta para isto? Se observassem, quantas pessoas procuram este contato com esta parte da História.Todas as 5 viagens de trem, em subida estavam lotadas... Pessoas sorrindo...felizes...paisagem bonita...
    Parabéns aos amigos da ABPF, Tremtur, e das comunidades que cooperam para que ocorra este resgate. Nosso agradecimento especial. É um trabalho, sem qualquer retorno financeiro para ninguém em particular...e quem está ganhando somos todos nós.


    Texto e fotos da arquiteta e urbanista Angelina Wittmann a qual agradecemos.